Cover image of song Porca Miséria by Gabriel O Pensador

Artist:



Tags: Porca Miséria free lyrics , Download lyrics, youtube video of Porca Miséria



Português (Original)        
Translated lyrics available in: Deutsch       中国       日本       Español      

Lyrics of Porca Miséria

A lingüiça tá vazia, eu tirei a carne
Eu não como porco, tia
I don't eat swine
A barriga tá vazia e eu tô no rango
Vô encher essa lingüiça com carne de frango
Eu peguei uma panela pra fazer uma canja
Mas o frango olhou pra ela e fugiu da granja
Tem o frango congelado no supermercado
Mas o meu cartão de crédito tá bloqueado
Yo tengo hambre, as hungry as an elefant
Se eu tivesse money, hombre, comeria um restaurant
Se eu tivesse no natal até comia peru
Se eu tivesse no Japão comia peixe cru
Só que lá no japonês eu não tenho vez
Eu não sei comer com dois pauzinhos nem com três
A minha vara de pescar tá quebrada
E o meu peixe... até agora "nada"
Eu já quebrei a vara e já quebrei a banca
O peixe custa os olhos da cara e eu só como carne branca
A carne moída dá água na boca
Mas é que eu tenho medo de pegar uma "vaca louca"
O povo come ovo e o meu ovo ia pro prato
Mas eu peguei o ovo e atirei no candidato
Porque eu já enchi o saco dessa porcaria:
Encheção de lingüiça e a barriga vazia

The sausage is empty; I took the meat
I do not eat pork, aunt
I do not eat swine
The belly're empty and I'm in rank
Grandpa fill this with chicken sausage
I took a pan to make a soup
But the chicken looked at her and fled from the farm
It has frozen chicken at the supermarket
But my credit card're locked
Yo tengo hambre, the hungry to an elefant
If I had money, hombre, eat a restaurant
If I had to eat turkey on Christmas
If I had eaten raw fish in Japan
Except that in Japanese there I do not have time
I do not know how to eat with chopsticks or with three
My fishing rod're broken
And my fish ... so far "nothing"
I've already broke the stick and broke the bank
The fish cost the nose and I only like white meat
The ground meat makes your mouth water
But it's what I'm afraid of catching a mad cow
The people eat egg and the egg would go to my dish
But I took the egg and shot the candidate
Because I've filled the bag this crap:
Web-video filler and an empty belly


Eu não como porco! Eu como farelo!
Eu não como porco! Eu como farelo!
Eu não como porco! Eu como farelo!
Os porcos me comeram de verde e amarelo!
Sujaram meu chiqueiro! Fizeram porcaria!
Limparam meu dinheiro e a barriga tá vazia!

I do not eat pork! I eat a meal!
I do not eat pork! I eat a meal!
I do not eat pork! I eat a meal!
The pigs ate my green and yellow!
Soiled my sty! They made crap!
Cleaned up my money and belly're empty!


Porcos, querem que eu mantenha a esperança
Mas como é que eu faço pra encher a minha pança?
Diz como é que eu posso acreditar numa mudança
Se nossas barrigas só se enchem com crianças
Ou então com gazes, ou então lombriga
E as nossas bocas só se enchem de formigas
Quando agente fala muito e de repente some
Ou quando alguém mata um homem pra matar a fome
Saco vazio não pára em pé
Tá me dando calafrio mas eu tenho fé
Que eu vou conseguir alguma forma de alimento
Nem que seja um pão com água ou pastel de vento
Tem farofa no despacho da esquina
Tem cachaça mas eu quero vitamina!
Vitamina de banana, caldo de feijão
Olha, gente fina, eu tô comendo até ração!
Enquanto os porcos tão comendo a nação
Tão comendo com os olhos toda a minha refeição

Pigs, they want me to keep hope
But how do I do to fill my belly?
Says how can I believe in change
If only our stomachs are filled with children
Or with gauze, or worm
And only our mouths are full of ants
When staff talk a lot and suddenly disappears
Or when someone kills a man to kill hunger
An empty sack can not stand upright
're Giving me chills but I have faith
I'm gonna get some form of food
Even if it is a bread pastry with water or wind
Has crumbs in the order of the corner
But I want to have rum vitamin!
Vitamin banana, bean soup
Look, fine people, I'm eating to feed!
While eating the pigs as the nation
So eating with their eyes all my meal


Refrão

Chorus


Se correr... o bicho pega, se ficar o bicho come
Então eu vou andar pra ver se mato a minha fome
Rapadura lá no Ceará eu sei que tem
Tacacá em Macapá, açaí em Belém
Amazonas tem as frutas lá da Zona Franca de Manaus
E no Rio tem "filé miau"
Quero virado à paulsita, tutu à mineira
Picanha gaúcha e piranha pantaneira
Moqueca capixaba caprichada, rapá Goiás, pequi, Bahia, vatapá
Piauí, Paraíba, Paraná...
Pimenta malagueta pro planeta balançar!
Tô na boa em Boa Vista, Acre doce, tô que Tocantis!
Natal, Porto Velho, tô que tô a fim de acarajé, Aracaju, jacaré, pirarucu
Ou pode ser um camarão do Maranhão ou um filé de tubarão lá de Pernambuco
Alagoas! Ah! Eu tô maluco!
Com um lombinho que eu conheci em Santa Catarina
Mas não é de porco que eu não como suína.

If you run ... the beast catches, if you stay the beast eats
So I'll walk the woods to see if my hunger
Ceara Rapadura there I know it has
Tacacá Macapá, assai Bethlehem
Amazon has the fruit beyond the Manaus Free Trade Zone
And in Rio has "filet meow"
I turned to paulsita, Tutu à Mineira
Gaucho Rump and piranha Pantanal
Moqueca neat, man Goiás, pequi, Bahia, vatapd
Piaui, Paraiba, Parana ...
Cayenne pro planet rock!
I'm good at in Boa Vista, Acre sweet, I'm that Tocantis!
Natal, Porto Velho, I'm what I'm to acarajé, Aracaju, alligator, pirarucu
Or it can be a shrimp or filet of Maranhão shark there Pernambuco
Alagoas! Ah! I'm crazy!
With a tenderloin that I met in Santa Catarina
But pork is not that I do not eat pork.


Refrão

Chorus


Comments





Porca Miséria Lyrics are the property of the respective artists, writers and labels. These lyrics are provided for eduacational purposes only. Please buy the song if you like them.